SHIRATAKI – MACARRÃO MILAGROSO!

Compartilhe essa receitinha

Já ouviu falar de macarronada que não engorda? É a macarronada de SHIRATAKI! Ou o Macarrão de Nada! O primeiro miojo sem calorias


SHIRATAKI

Imagine uma pratada (200g) desse macarrão com molho, queijo e tudo isso não passa de 150 calorias! Esse é o SHIRATAKI, um macarrão japonês chamado de “milagroso”, feito de konjac, um tuberculo, um tipo de batata que contém 97% água e 3% fibra.

As calorias variam de zero a dez, dependendo da marca e da quantidade. Há estudos sobre os possíveis benefícios do SHIRATAKI em casos de constipação intestinal e na redução de colesterol, assim como estudos relacionados a melhora da diabetes tipo 2, já que ele diminui o índice glicêmico evitando picos de insulina.

 

E para que serve? Nada!

– Zero nutrientes

– Zero glúten

– Zero lactose

– Zero calorias

– Zero gorduras

 

Zero tudo e zero sabor também… Não tem gosto mesmo!

E para que servem tantos zeros? Gerar saciedade, enganando o estômago e nos poupando da comilança, por isso é legal para quem está fazendo dieta para perder peso, ou só quer manter o seu mesmo. Vale lembrar que como o SHIRATAKI não tem nutrientes é preciso ficar de olho nas demais refeições do dia, ou seja, ele pode ser consumido no almoço ou no jantar (você escolher), mas apenas uma vez ao dia.


FEIURA QUE ENGANA

Muitas pessoas aqui do OCIDENTE reclamam que SHIRATAKI além de feio, tem um cheiro muito forte, por isso da nojinho de comer, mas isso depende muito da marca, escolhi essa da foto para mostrar porque sei que não tem cheiro nenhum, então para quem nunca comeu e quer experimentar é legal começar por aí. O cheiro é na verdade da água dele, e sai completamente quando lavamos e fervemos.

Nós do ocidente estranhamos muitos dos alimentos que vieram do outro lado do mundo, então a feiura é relativa e coisa nossa, e logo se resolve preparando um prato bem bonito e apetitoso. A maioria das pessoas prepara SHIRATAKI como yakisoba, usando shoyu e legumes, eu também gosto, mas prefiro à italiana, cheio de molho, manjericão e queijo. Cada um com seu macarrão.

O SHIRTATAKI é como um miojo e não precisa cozinhar, ele vem pronto, mas é bom lavar bem e ferver para tirar o cheiro forte da água dele. Feito isso, basta temperar ou colocar um molhinho simples por cima, fácil-fácil.

E o sabor? O sabor será o dos temperos escolhidos por você. Como eu disse, SHIRATAKI é um miojão, sem sabor nenhum, zero mesmo! Então capriche no seu.


ONDE ENCONTRAR

Eu compro meu SHIRATAKI no Bairro da Liberdade em uma das minhas lojas preferidas, a MURAKAI fica na Rua Galvão Bueno Bem pertinho do Metrô Liberdade, mas você pode encontra-lo em qualquer lojinha de produtos alimentícios por lá. Para quem for procura-lo, ele é bem feio dentro embalagem e fica na geladeira, perto do freezer dos congelados.

MURAKAI

 


Tem coragem de experimentar? Então aqui vai a receita ítalo-japonesa para você preparar o seu prato de SHIRATAKI!

Lembrando que assim como todas as receitas com o preparo rápido, essa também entra na tag #FastFit do OhMyGula! Nessa tag você encontra diversas receitas práticas, para aqueles momentos em que você levanta antes de acordar e já tem que sair para não perder a hora, ou então para quando bate uma preguiça e uma vontade de apelar para o FAT Fast Food!

Falta de tempo aqui não é desculpa para se alimentar mal 

Como de costume, se você passar o mouse sobre alguns ingredientes, você pode achar o valor de cada um onde eu comprei.

Uma embalagem com 200g de SHIRATAKI custa +/- $9 reais. Eu costumo comer 100 gramas em cada refeição acompanhado de legumes. Mas você também pode fazer uma bela pratada e comer tudo!

Nessa receita usei bastante coisa (pra esse macarrão ficar uma delícia!), então ficou em média 15 reais.


INGREDIENTES

[ox_list type=”ox_list_simple”]

  • 1 pacote de SHIRATAKI
  • 1 xicara de MOLHO DE TOMATE CASEIRO (receita abaixo)
  • 3 colheres de CREME DE LEITE LIGHT
  • ½ colher de chá de MANTEIGA GHEE (ou outro óleo de sua preferencia em uma quantidade maior) – pode usar ÓLEO DE COCO
  • 2 colheres de CEBOLA PICADA
  • ½ dente de ALHO PICADO
  • 1 colher de KETCHUP sem açúcar
  • Uma colher de MANJERICÃO
  • PIMENTA DO REINO a gosto
  • SAL a gosto
  • 2 colheres de QUEIJO TIPO GRANA (pode substituir pelo parmesão)
  • ½ colher de sopa de GERGILIN NEGRO[/ox_list]


PREPARO

[tabgroup]
[tab title=”MASSA”]

1 – Coloque 300 ml de água para ferver;

2 – Abra a embalagem e escorra a água do SHIRATAKI em uma peneira;

3 – Coloque na água corrente para lavar bem;

4 – Coloque o SHIRATAKI para ferver e deixe por 5 minutos

5 – Escorra a água novamente;

Caso você ache que ainda está com cheiro, pode repetir esse processo.

[/tab]
[tab title=”MOLHO”]

1 – Em fogo baixo derreta a MANTEIGA GHEE, doure o a cebola e o alho;

2  -Adicione o MOLHO DE TOMATE e misture;

3 – Adicione o CREME DE LEITE e misture;

4 – Adicione o KETCHUP, o MANJERICÃO, a PIMENTA e o SAL e uma pequena porção do QUEIJO GRANA (ou parmesão) e misture;

5 – Desligue o fogo

[/tab]
[tab title=”FINALIZAR”]

1 – Em outro recipiente coloque o SHIRATAKI e adicione o molho rosé por cima (isso fará com que ele absorva melhor o molho)

2 – Acrescente o GERGILIM NEGRO

3 – Cubra com QUEIJO GRANA.

Pronto! Fica tudo uma delicia e parece que você está comendo uma coisa gordíssima.

Uma boa opção é levar ao forno para gratinar o queijo.

[/tab]
[/tabgroup]

 


 

Ah! E não esquece de deixar nos comentários qualquer dúvida ou sugestão. É muito importante saber se as minhas receitinhas estão funcionando na sua cozinha!

E ajuda azamiga curtindo a fan page do OhMyGula no Facebook:

[social_link style=”default” type=”facebook_account” url=”https://facebook.com/ohmygula” target=”on” ]


AGORA É SÓ COMER!

SHIRATAKI vai saciar a sua fome de forma leve e saudável!



POSTS RECENTES

[blog category=”37″ perpage=”5″ pagination=”” ]


[blog category=”56″ perpage=”5″ pagination=”” ]

Compartilhe essa receitinha

Deixe um comentário

Avalie essa receita




Currently you have JavaScript disabled. In order to post comments, please make sure JavaScript and Cookies are enabled, and reload the page. Click here for instructions on how to enable JavaScript in your browser.